Samambaia teme os impactos do lixão sobre o Parque Gatumé

Nascentes no Parque Gatumé podem ficar contaminadas e até desaparecerem com a implantação do Lixão em Samamaia.

Nascentes no Parque Gatumé podem ficar contaminadas e até desaparecerem com a implantação do Lixão em Samamaia.

A qualquer momento, a impantação do Lixão em Samambaia pode ter início. Por enquanto, a obra está sustada pela investigação do Tribunal de Contas do DF, que apura a existência de sobre-preço. Enquanto o Aterro Sanitário Oeste não sai do papel, a população de Samambaia se mobiliza para tentar impedir que ele seja implantado naquela satélite. Um dos maiores temores é o impacto que ele terá sobre o Parque Gatumé. Mais de 500 assinaturas contra a implantação do lixão já foram recolhidas pela prefeitura comunitária da Quadra 1.029 de Samambaia. que ainda acredita na possibilidade do governo Agnelo desisitir da iniciativa..

Leia também:

Os moradores temem pela própria saúde, com a proliferação de  insetos, mal cheiro, e a contaminação da nascente ‘Gatumé’. As nascentes são cercadas por plantas samambaias, que deram origem ao nome da cidade. Eles denunciam que a área que vai abrigar o aterro coloca em risco uma grande área de veredas em Samambaia. As nascentes abastecem o córrego Melchior. O aterro sanitário fará divisa com o Gatumé, com os córregos Samambaia e Melchior e com a Expansão de Samambaia.

A área onde será instalado o aterro sanitário é rica em córregos.

A área onde será instalado o aterro sanitário é rica em córregos.

A Câmara Legislativa chegou a alocar verbas no orçamento para a efetiva implantação do Parque Ecológico Gatumé, mas tudo ficou no papel. O GDF não colocouem prática o previsto no orçamento do DF. Os moradores reclamam que nenhum parlamentar tem efetivamente atuando pelo defesa do meio-ambiente da cidade.

O aterro sanitário deverá receber 60 mil toneladas de lixo de todo o Distrito Federal. A comunidade de Samamabai defende a idéia de que cada região administrativa tenha o seu próprio mini-aterro. diminuindo o impacto ambiental.

Samambaia conta hoje com cerca de 250 mil moradores e vem se revelando área de ascensão para a nova classe média. Háum temor de que a presença do lixão venha desvalorizar também os valores dos imoveis.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Brasília - DF, Cidades Satélites, Fauna & Flora, Meio ambiente, Resíduos sólidos, Samambaia, Tribunal de Contas do DF - TCDF. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Samambaia teme os impactos do lixão sobre o Parque Gatumé

  1. Hailton Cunha disse:

    Bom dia! Após ver esta notícia, fiquei preocupado com a qualidade de vida dos moradores de Samambaia. Primeiro, por que meu pai mora lá, segundo, nunca mais Samambaia será a mesma.
    Uma forma de minimizar os efeitos do lixão a ser instalado é adotar o sistema de ensacamento de lixo no próprio depósito, com a utilização de cobertura própria, que após dois anos, transforma-se em adubo. É um empreendimento sustentável; segue todas recomendações dos Órgãos relacionados ao meio ambiem determinado ambiente; diminui o odor; organiza o lixo. Iniciativa adotada em determinado Município brasileiro.

    Curtir

  2. Aderaldo Carvalho disse:

    Olá amigos!
    Sobre o tão criticado Aterro Sanitário em Samambaia, acho que temos que encontrarmos soluções para tantos problemas que causamos para o nosso meio! Somos os maiores causadores dos grandes impactos que tem acontecido no planeta e com certeza outros virão. Um dos grandes problemas que temos hoje nas grandes cidades é a falta de espaço adequado para o acondicionamento de tanto lixo que produzimos diariamente. É lei Federal de Julho 2010, que toda cidade acima de 100 mil habitantes tem que ter um aterro sanitário. Qual o seria o correto, Deixar o lixão da Estrutural ou construirmos um aterro com planejamento? Amigos é certo que o problema foi criado em termos de impactação, desde que foi criada Brasília no planalto central, um local onde ocorre as principais nascentes que alimenta os grandes rios do nosso pais. É dolorido sabermos que com a construção de um aterro sanitário vamos provocar grande impacto, porem algo tem que ser feito, o governo esta dando respostas de civilidade; acho que um aterro vem nos ajudar bastante, desde que se tenha um planejamento, que se aterre somentes materiais inservíveis, que sejam reaproveitados através de uma coleta seletiva, assim podemos reciclar e economizar muita matéria-prima em suas fontes. Vejo um grande problema pela frente, é a questão de coleta seletiva, será que o nosso povo esta preparado para faze-lo? Em primeiro lugar é necessário civilidade e consciência de todos ou de nada valerá; para que esse projeto tenha exito, vamos ter que aprendermos muito mais do que pensamos que sabemos!

    Abraço a todos,

    Eu sou Aderaldo Carvalho
    Gestor Ambiental e Especialista em Perícias Ambientais.

    Curtir

    • Caro Aderaldo Carvalho.
      Bem-vindo ao debate. É claro que o lixo tem que ter uma destinação. Mas o que se critica nas iniciativas do GDF são:

      1) Por que não implantar imediatamente a coleta seletiva, o que reduziria o volume de dejetos a serem depositados.
      2) Por que não implantar mais usinas de reciclagem de lixo, como a existente na Avenida das Nações e uma que existe (ou existiu) na Ceilândia, implantada nos anos 80 pelo então governador José Aparecido. Desde então, passados mais de 30 anos, nenhuma nova usina de reciclagem foi implantada.
      3) Por que, no lugar de se implantar um mega aterro sanitário, não façamos, como propoem os moradores de Samambaia vários aterros de dimensão menores, atendendo a diferentes áreas do Distrito Federal.

      Curtir

  3. Pingback: Cinco áreas de risco no DF preocupam Defesa Civil | Brasília, por Chico Sant'Anna

  4. Pingback: Justiça revoga lei que criou parque ecológico em Sobradinho | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s