Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Urubu-de-Cabeça-Vermelha

ave urubu cabeça vermelha

Foto de Edgard Thomas

Texto baseado no Wiki Aves, a Enciclopédia das aves do Brasil.
.

ave urubu cabeça vermelha 2O urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura) é uma ave cathartiforme da família Cathartidae. Ele possui longas asas que chegam a 1,80 metro de envergadura, sendo relativamente finas e mantidas em formato de “V”. Dessa forma, aproveitam a menor brisa disponível para voar sobre a vegetação e o solo, às vezes a poucos metros do chão. Nessa busca de sustentação, mantém as asas rígidas e viram o corpo de lado a outro, parecendo um vôo errático, que não vai se manter. Muito raramente batem as asas e, mesmo assim, só para iniciar o movimento. Igualmente, deslocam-se a grandes alturas, mantendo o perfil característico de vôo.

Estado de Conservação
(IUCN 3.1)
Pouco Preocupante

Na ave juvenil ou na adulta, as longas penas das asas são cinza escuro. Esse contraste é característico desta espécie. O adulto possui a pele nua da cabeça e pescoço vermelhos, além de um escudo nucal branco, visível em boas condições de luz, quando juvenil tem a cabeça negra.

Existem quatro subespécies de urubu-de-cabeça-vermelha:

  • C. aura aura
  • C. aura septentrionalis
  • C. aura ruficollis
  • C. aura jota

Está gostando?
Abaixo, 30 outras aves comuns à Capital Federal.
Clique no enlace e confira.

Foto de Luiz Impa

Ele localiza as carcaças pelo olfato, uma das poucas aves onde esse sentido é apurado. Graças à sua capacidade de vôo e sensibilidade do olfato, costuma ser o primeiro urubu a chegar na carniça. Nem sempre é o que se banqueteia melhor, porque logo é seguido pelas outras espécies e afastado por elas. Muitas vezes, espera as demais alimentarem-se, para, então, voltar a comer. De forma ocasional, pode capturar e matar pequenos vertebrados, apanhados nos vôos rasantes.

Hábitos e reprodução

O urubu não vocaliza. Ele habita campos, matas e bosques. Se faz presente desde o sul do Canadá até a América do Sul. Seu período migratório vai de julho a novembro.À noite, dirige-se para pousos tradicionais, seja nas árvores da mata ribeirinha, seja em capões nos campos. Esses pousos são comunais, ocasionalmente com 20 ou 30 urubus de várias espécies.

Foto Luis Impa

O urubu-de-cabeça-vermelha nidifica no solo ou, mais raramente, em ocos de árvores. Em qualquer caso, locais bem cobertos por vegetação e protegidos. Coloca dois ovos e a incubação dura de 38 a 41 dias. Quando nascem os filhotes, são alimentados de alimento regurgitado pelos pais. A partir dos 70 dias de vida, inicia seus vôos.

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em As riquezas do Entorno, Brasília - DF, Cerrado, Fauna & Flora, Meio ambiente. Bookmark o link permanente.

17 respostas para Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Urubu-de-Cabeça-Vermelha

  1. Kaio Henrique disse:

    Faltou só o Carcará

    Curtir

    • Caro Kaique
      Grato pela leitura e pelo comentário no blog. A proposta desta coluna aves de Brasília é registrar a cada semanauma ave que seja efetivamente do Distrito Federal. Para isso conto com a colaboração de amantes e observadores das aves e que as registrem em fotos no Distrito Federal. Não vale tirar foto em outro Estado. A idéia é mostrar que o nosso cerrado é rico e alertar para os avanços da especulação imobiliária.
      O Carcará com certeza virá. Aguardo apenas ter as fotos de algum colaborador – se você tiverm por favor me envie.
      Um abraço
      Chico Sant’Anna

      Curtir

  2. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Graveteiro | Brasília por Chico Sant'Anna

  3. Pingback: Brasília por Chico Sant'Anna

  4. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui a Ariramba-de-cauda-ruiva | Brasília por Chico Sant'Anna

  5. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Pica-pau-verde-barrado | Brasília por Chico Sant'Anna

  6. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Tapaculo de Brasilia? | Brasília por Chico Sant'Anna

  7. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Gavião-pega-macaco | Brasília por Chico Sant'Anna

  8. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Carcará | Brasília por Chico Sant'Anna

  9. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Bem-te-vi-rajado | Brasília por Chico Sant'Anna

  10. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Ferreirinho-relógio | Brasília por Chico Sant'Anna

  11. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui o Uiraçu | Brasília, por Chico Sant'Anna

  12. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui a Arara-Canindé | Brasília, por Chico Sant'Anna

  13. Pingback: Park Way ganha área de soltura de animais silvestres | Brasília, por Chico Sant'Anna

  14. Pingback: Park Way: um novo santuário para animais silvestres | Brasília, por Chico Sant'Anna

  15. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui a Ariramba-Preta | Brasília, por Chico Sant'Anna

  16. Pingback: Você conhece as aves de Brasília? Conheça aqui a Maria-faceira | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s