Ministério Público do DF pede suspensão de obra em Área de Preservação Ambiental do Park Way

Justiça já havia interditado a construção de um estacionamento no Park Way, nas proximidades do Aeroporto.

A 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística (Prourb) e a 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural (Prodema) recomendaram ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Distrito Federal Brasília Ambiental (Ibram) e à Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), na última terça-feira, dia 19, a paralisação de obra de estacionamento que ocupa Área de Proteção Ambiental (APA) dos córregos Gama e Cabeça de Veado. O MPDFT também solicita a cassação das licenças ambientais concedidas para o empreendimento, localizadono Park Way.

Leia também

Segundo as recomendações, a construção do estacionamento descumpriu decisão judicial da Vara de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do Distrito Federal (Ação Civil Pública – 2011.01.1.1.071848-5), que determinava o não parcelamento da área.

O parecer técnico do departamento de Perícias e Diligências do MPDFT constatou a supressão vegetal, realização de obras de terraplanagem, presença de blocos estocados ao ar livre e instalação de meio-fio. “O empreendimento coloca em risco o habitat e interrompe trocas genéticas imprescindíveis para a perpetuação e evolução de espécies da flora e da fauna do local”, afirmam os promotores de Justiça.

Além dos problemas ambientais, as licenças concedidas pelo Ibram foram indevidas, já que a Terracap não comprovou a propriedade do terreno. Além disso, a obra não tinham aprovação da autoridade urbanística competente, certificação do registro imobiliário e declaração do Distrito Federal de que o local e o tipo de empreendimento estão em conformidade com a legislação aplicável ao uso e ocupação do solo (art. 10, parágrafo 1º, da Resolução Conama 237/97).

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Brasília - DF, Cerrado, Fauna & Flora, GDF, Justiça, Meio ambiente, Ministério Público, Park Way. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Ministério Público do DF pede suspensão de obra em Área de Preservação Ambiental do Park Way

  1. Pingback: Urbanismo: GDF quer adensar o Park Way | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s