O prédio da Reitoria da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), no Rio Grande do Sul, recebeu, na tarde de segunda-feira (22/4), a visita de Beatriz Corrêa Meyer Sant’Anna, e sua filha, Ana Cláudia Sant’Anna.

Ambas vieram à cidade de Pelotas para concretizar um gesto nobre: a doação de acervo com mais de mil livros, que pertenciam à professora Norma Corrêa Meyer Sant’Anna, falecida há cerca de dois anos, à UCPel. Na infância, a professora viveu no prédio que hoje abriga a Reitoria. Ali moraram seus avós. Segundo sua filha, Beatriz, a Católica será o melhor local para o acervo.

Leia também:
Um adeus à Dona Norma Sant’Anna

Beatriz Sant’Anna, ao centro, emocionou-se ao falar da mãe. Foto Wilson Lima.

Com o gesto, a filha Beatriz deseja que os livros continuem o trabalho de sua mãe em Pelotas. Norma formou-se em Letras Anglo-Germânicas no Rio de Janeiro. Era estudiosa das áreas de literatura, teoria literária e inglês. Uma de suas teses tinha enfoque no romance policial americano e, em seu acervo, estão inúmeros exemplares de Agatha Christie e Edgar Allan Poe. Foi professora de inglês e francês durante muitos anos e morava em Brasília desde o início da construção da cidade.

Norma Corrêa Meyer Sant’Anna,  foi pioneira em Brasília, tendo chegado à Capital Federal em 1958, antes mesmo da inauguração. Lecionou idiomas na Casa Thomas Jefferson, na Aliança Francesa  e também na extinta Fundação Educacional do DF.

Participou da cerimônia o jornalista e radialista do Programa 13 Horas, da Rádio Universidade (RU), Clayton Rocha, que aproveitou sua fala para destacar que o prédio que abriga a Reitoria da UCPel também foi marcante na vida da irmã mais velha de Norma, a jurista Gilda Russomano, casada com o também jurista Mozart Russomano. “São raros os gestos de grandeza como de Beatriz, principalmente porque são carregados de emoção, o que fortalece muito mais o ato”, justificou.

O reitor da UCPel, José Carlos Bachettini Júnior, agradeceu a doação, que, segundo ele, beneficia Pelotas e toda a comunidade da região Sul. “Recebemos com carinho a doação desses livros que carregam muitas histórias. A casa onde a professora brincou agora recebe sua biblioteca, gesto importante para a comunidade da UCPel”, avaliou.

Para Beatriz, a doação fecha um ciclo importante da história de sua mãe, que passou a infância e estudou em Pelotas. Também participou da entrega dos livros o coral do Colégio Municipal Pelotense, que esteve presente em homenagem à professora, que destinava grande admiração pelo Educandário.

Anúncios