Familiares ainda guarda a esperança de localizar Artus Paschoali, desaparecido no Peru, desde dezembro de 2012
Familiares ainda guarda a esperança de localizar Artus Paschoali, desaparecido no Peru, desde dezembro de 2012

De sexta, 26/4, para sábado, a esperança se reacendeu. Poderia ser o fim de um pesadelo. Um final feliz para uma novela que há quatro meses inquieta os amigos e a família. Mas tudo não passou de um trote de mau gosto. Leia também

Aproveitando-se da fragilidade da família, que tenta incansavelmente localizar o jovem brasileinse Artur Paschoali, o brasiliense, desaparecido, desde 21 de dezembro, pouco antes do Natal do ano passado, nas proximidades da cidade peruana de Cuzco; um cidadão peruano telefonou aos pais que já estavam de malas prontas para retornar ao Brasil.

Era uma chama que se acendia Eram as preces, finalmente, atendidas. De pronto, os pais, Susana e Wanderlan cancelaran a passagem aérea de regresso a Brasília e se prepararam, para, no dia seguinte, se deslocar até Echarate, a cidade mais próxima do local onde estaria Artur. Ele estaria, segundo os informes, com os pés muito machucados.

Mas na verdade, o autor do telefonema, sem levar em conta a dor que os pais estão sofrendo, queria apenas se aproveitar da situação para ganhar dinheiro fácil. Ou, como polidamente, afirmou Suzana, no facebook, a pessoa que nos contactou ontem a noite, não tem bom sentimentos, pois nos mentiu que conhecia o Artur. Apenas estava com interesse material.

As emoções e espectativas por boas notícias foram grande, tanto nos Andes, quanto no Planalto Central. Este singelo blog, chegou a registrar quase três mil acessos para leitura do artigo que trazia as possíveis boas novas do Peru, divulgadas pelos familiares.

Sábado, à noite, contudo, tudo voltava a estaca zero. A informação de localização de Artur era falsa e o choque provocado pela malandragem do peruano afetou tanto os familiares, que Wanderlan de Souza Vieira, pela primeira vez em quatro meses, se descontrolou , e se desentendeu com seu interlocutor.

O impacto emocional foi tão grande que ele passou mal; Teve que ser levado ao hospital local, pois sua glote quase fechou por inteiro. Estava previsto para este domingo, 28/4, o retorno a Cuzco. Os familiares, que se deslocaram até o Peru, se preparam, agora para retornar a Brasília, mas sem perder a esperança que Artur será encontrado, algum dia.

Confira abaixo, a mensagem de Suzana, deixada no perfil, Vamos achar o Artur/ #findArtur,  que ajuda localizar Artur.

Susana Paschoali publicou 

Amados do coração.

Infelizmente não ocorreu o que esperávamos. A pessoa que nos contactou ontem a noite, não tem bom sentimentos, pois nos mentiu que conhecia o Artur. Apenas estava com interesse material.

Foi muito triste, pois o Wanderlan De Souza Vieira, pela primeira vez em 04 meses, se descontrolou , eles se desentenderam. Wanderlan passou mal, tendo que ir ao hospital, pois sua glote quase fechou por inteiro.

Agora se encontra medicado e volta para Cuzco amanhã. Gracas a Deus, não aconteceu nada mais sério.

Gratidão a todos vocês que novamente acenderam a chama da esperança conosco. Não foi em vão, pois sabemos que em tudo há um propósito do Pai.

Voltaremos em breve para nosso país com a certeza em nossos corações de que tudo o que ocorre em nossas vidas é para o nosso bem.

Grande beijo a todos.

Anúncios