Poema para o 1º de Maio: Sagração do Trabalho

“La Internacional”. Óleo sobre tela, pintado, em 1930, por Otto Griebel, é considerado um extraordinário exemplar da arte da revolução proletária.

Por Luiz Martins da Silva

Outrora, tortura,

Instrumento de algoz,

Tripalium, sacrifício,

Métrica de punição.

 

Hoje, molde de caráter,

Iniciação escolástica,

Sujeito da história,

Oração do futuro.

 

Trabalho e salário,

Singela aritmética,

Álgebra de honra.

Geometria do pão.

 

Que não seja na vida,

A menor conta em sal.

De suor e de sangue

Há de ser outro cálice.

 

Trabalho e trabalhador

Hão de ser, algum dia,

Liberdade e prazer,

Culto ofício, alegria.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura em Brasília, Cultura, Direitos sociais, Direitos trabalhistas, Literatura. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s