Um saí-azul, Dacnis cayana, macho, registrado nas lentes de Fernando Carvalho no segundo dia do Avistar Brasília

Foi aberta no último 3/8 a exposição fotográfica Expedição do Cantão à Confusão, no Jardim Botânico de Brasília.

Ela faz parte da programação do projeto AvistarBrasília – Encontro Brasiliense de Observação de Aves, que aconteceu nos dias 03 e 04 de agosto. O Projeto AvistarBrasília, que reuniu amantes da observação e da arte de fotografar pássaros foi um sucesso e permitiu trazer a público belezas como a foto que ilustra este texto, de autoria de Fernando Carvalho.

Leia também:

Expedição do Cantão à Confusão

A expedição foi realizada por membros do grupo Observadores de Aves do Planalto Central — Observaves —, entre os dias 1 e 7 de junho deste ano. O objetivo foi o de observar e fotografar aves no Parque Estadual do Cantão, em Caseara, na Lagoa da Confusão e no Parque Estadual do Lajeado, em Palmas, todos localizados no estado de Tocantins.

Cerca de 180 espécies de aves foram observadas, algumas delas raras e endêmicas, como o jacú-de-barriga-castanha, o chororó-de-goiás e o pica-pau-do-parnaíba. 

Participaram da expedição: Ana Cavalcante, Bertrando Campos, Damião Azevedo, Eduardo Fernandes, Enzo Corazolla, Havita Rigamonti, Herbert Schubart, Rodrigo D’Alessandro, Roseanne Almeida e Tancredo Maia.

Anúncios