Do Blog do Protázio

Cansados do descaso do Governo do Distrito Federal em não cumprir com as 13 promessas de campanha feitas às categorias em 2010, mais de 10 MIL Policiais e Bombeiros Militares realizaram na noite de ontem, dia 13, uma assembléia na Praça do Relógio no Centro de Taguatinga para cobrar do Governador Agnelo Queiroz o cumprimento das promessas. Ao término, os militares seguiram pela EPTG em direção a Residência Oficial de Águas Claras numa carreata com mais de 2 mil veículos.

Leia também: 

Desde 2011, ano que o governo assumiu o GDF, as categorias de militares tentam dialogar com o governo o cumprimento dessas 13 promessas, dentre elas a Reestruturação das Carreiras, Aumento do Efetivo, Auxílio Transporte nos contracheques, Nova Lei de Vencimentos que iguale os Auxílios fardamento, Inatividade, Invalidez e funeral entre praças e oficiais, no entanto, não obtiveram êxito. Dia 18 do mês passado uma outra assembléia fora realizada no mesmo local onde um prazo foi estipulado ao governo para que se manifestasse, o que novamente não ocorreu.

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar (ASOF-PMDF) emitiu uma Nota de apoio a manifestação das categorias por considerá-la justa e legítima (Leia abaixo), assinada pelo seu Presidente Major Sérgio Robalo.

 

Ficou deliberado na assembléia, por unanimidade, os seguintes pontos:

·  Que a Operação Tartaruga/Legalidade continuará sendo executada pelos integrantes das corporações até o cumprimento das promessas do governo;

·  Entre os dias 18 e 22 de novembro nenhum policial concorrerá ao Serviço Voluntário Gratificado (SVG);

·  Nova assembléia  no dia 04 de Dezembro, a partir das 09:00 horas, com concentração no Estacionamento da Biblioteca Nacional de Brasília, seguindo em carreata pela Esplanada dos Ministérios até o Palácio do Buriti e encerrando em frente à Câmara Legislativa;

Anúncios