Por Douglas Protázio, do Blog do Protazio

Viaduto da QNN 5/7, na Ceilândia – DF, desprovido de rede adequada de captação de águas pluvias, mata mais um brasiliense por afogamento.

O viaduto na QNN 5/7 em Ceilândia que foi palco de uma tragédia em outubro de 2013, que levou a óbito por afogamento a menina Giovana Moraes, fez mais uma vítima na noite de terça-feira, 21/1. Um homem morreu afogado dentro de um carro submerso.

Leia também:

Exclusivo: Depois da morte da menina Giovana, GDF começa a rodar com transporte escolar próprio

O drama no viaduto começou por volta das 21h45. Neste horário, bombeiros foram acionados e encontraram dois carros de passeio completamente submersos.Os passageiros desses carros conseguiram escapar ilesas do alagamento.

Meia hora depois o Central Integrada de Atendimento e Despacho – Ciade recebeu outro chamado para o mesmo lugar, bombeiros e Samu se deslocaram para o local e encontraram um jovem, com cerca de 20anos, afogado próximo a um carro submerso. A vítima teve várias paradas cardíacas, foi atendida pelo socorro avançado do Samu, mas acabou morrendo.

Segundo relato de populares, o homem estava com mais duas pessoas em um automóvel que ficou retido pelas águas. Ao sair do carro para tentar resolver o problema, teria sido sugado por um bueiro aberto, sem a tampa de proteção.

Anúncios