Poema de Fim de Semana: Assovio no Escuro

 

Poema de Luiz Martins da Silva. Foto de Chico Sant’Anna

 

De verdade, de verdade, não existe.

Ele é só o lado avesso do sentido.

Mas, como hei de convencer a criança

De que ele não passa de uma sombra do arcaico?

 

Hoje, por desígnios de milênios,

Há um silêncio que expande a própria noite,

Feito elástico que só decorou plano de ida,

Momentos de vidas, eu sei, eles jamais voltam.

 

Imagino reter o mundo no ponteiro dos segundos,

Mas o rio é insistente no seu curso.

Águas se renovam, não os nossos rostos.

 

Nada há de garantia no cândido acalanto

De que o tempo é uma ilusão dos sentidos

Que só age nestes confins da nebulosa.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura em Brasília, Cultura, Literatura. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Poema de Fim de Semana: Assovio no Escuro

  1. Nailda Rocha disse:

    Hoje, por desígnios de milênios,

    Há um silêncio que expande a própria noite,

    Feito elástico que só decorou plano de ida,

    Momentos de vidas, eu sei, eles jamais voltam.
    Mestre. Isso é bonito demais!

    Curtir

  2. Hilda disse:

    Muito bonito, mas triste. Ou seja: realmente, verdadeiramente, conscientemente, TRISTE.

    Curtir

  3. Sandra Fayad disse:

    Realidade que muitos não veem porque não querem ou não podem. Linas palavras!

    Curtir

  4. Sandra Fayad disse:

    Lindas Palavras!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s