Foto de Jonas Pereira

Por Chico Sant’Anna

Na segunda-feira (7), Dia Mundial da Saúde, um grupo de servidores e funcionários do Senado deixará o carro em casa e irá ao trabalho de bicicleta.

O objetivo do bicicletaço é chamar a atenção para a necessidade de se adequar instalações e adaptar normas para estimular o uso da bicicleta como meio de transporte no dia a dia.

A idéia é mostrar que a parceria com os órgãos públicos é fundamental para desafogar o trânsito na Capital Federal, mas que é impossível trabalhar de bicicleta se no local de trabalho não há biciletários para a guarda das magrelas, se não existe lugar apropriado para um banho do ciclista. No caso do Senado, há queixas de que a segurança da Casa tem uma postura de coibir o estacionamento de bicicletas.

A iniciativa partiu de servidores do Senado que participam de um grupo de discussão sobre mobilidade, em parceria com o Programa Senado Verde e com o Núcleo de Coordenação de Ações Socioambientais. Entre as demandas estão a criação de paraciclos, a reforma ou construção de vestiários e a autorização para a circulação de pessoas com trajes de ciclismo.

logo bicicletaçoO encontro será às 7h30, no Museu da República. De lá, o grupo irá pedalando até a Chapelaria do Congresso Nacional. A participaçãoé abaerta a todos os interessados, inclusive nãoservidores do Senado. Funcionários que atuam na Câmara dos Deputados, Presidência, tribunais ou nos ministérios, são bem vindos.

Percurso:

mapa bicicletaçoO bicicletaço vai sair do Museu da República, seguindo pelo Eixo Monumental via S1, chegando à Chapelaria do Congresso Nacional. Nas instalações do Senado, o objetivo é percorrer a Garagem do Senado, saindo na Via N2, até a portaria principal da área da Gráfica do Senado, prédio da secretaria de Recursos Humanos.

Orientações gerais

As bicicletas serão estacionadas próximo à grade que fica paralela à Via N2, próximo à guarita. Não há no Senado paraciclos ou segurança para as bicicletas. Assim, os participantes devem levar, ao menos, corrente e cadeado. Os organizadores sugerem ainda que os ciclistas portem capacete, luvas e iluminação

Anúncios