Por Luiz Martins da Silva

 

Ao vencedor as bananas,

Mas não haverá vencedores,

Se todos são torcedores,

Jogamos no mesmo time,

Destino, genoma humano.

 

No canto do escanteio,

Símile perfeito ceia

O fruto do preconceito.

Mas no que faria feio?

Agora, símbolo de luta.

 

Ora, brother, esta é boa,

Notícia de todas as telas:

Todo o mundo numa pose

De descascar uma fruta,

Cear riso do racismo.

 

Não sei porque te incomodo,

Porque me tens diferente.

Acaso não somos os mesmos

[Em corpo, alma e imagem]

Filhos de Deus feito gente?

Anúncios