A Biblioteca Demonstrativa de Brasília foi interditada pela Defesa Civil. Vários problemas estruturais estão impedindo que os funcionários continuem suas atividades. Os usuários, estudantes, concurseiros, leitores – mais de quinhentos por dia – também estão sem seu espaço de estudos e reflexão. Ela está sem as condições de excelência condizentes com sua missão precípua, de ser uma instituição de vanguarda inovando serviços e atividades por meio da pesquisa e atendimento, servindo de referência a todas a bibliotecas públicas do país. 

Entre os problemas encontrados pelos agentes da Defesa Civil, que inspecionaram o local, estão o ar condicionado estragado, janelas emperradas e falhas na rede elétrica. Um cartaz na sala de leitura da biblioteca faz um alerta aos problemas na rede elétrica, que pode provocar curto-circuítos e danificar equipamentos dos usuários, além de expor todo prédio e o acervo a incêndios. 

A Biblioteca Demonstrativa, é uma instituição pública federal, integrante da Fundação Biblioteca Nacional, vinculada ao Ministério da Cultura, criada em 1970. O prédio da Biblioteca, por si próprio, faz parte da história de Brasília. Lá funcionou o GTB – Grupo de Trabalho de Brasília, que em 1967 foi extinto e subsituído pela  Coordenação do Desenvolvimento de Brasília (Codebrás), que tinha como missão orientar, planejar, coordenar, executar e controlar as atividades inerentes à transferência, para Brasília, dos órgãos do Govêrno Federal.

A direção da biblioteca, localizada na Avenida W.3 Sul, entre-quadra 506/507, informa que a coordenação aguarda orçamento para reforma. Uma petição foi encaminhada ao Ministério da Cultura,órgão responsável pelabiblioteca. Mas, sabedores dos trâmites burocráticos e quanto isso pode gerar em prejuízo da comunidade, os amigos da biblioteca se juntaram aos funcionários, aos frequentadores, artistas, poetas, músicos, escritores, jornalistas e a população em geral para uma manifestação – UM GRANDE ABRAÇO – em torno da nossa biblioteca símbolo.

Esse ABRAÇO dar-se-á na sexta-feiradia 16 de maio, ao meio dia. O objetivo da manifestação é dar visibilidade à precariedade da instituição. É fazer com que as autoridades dêem mais atenção ao bem público, à cultura e ao saber.

Todos os brasilienses, que amam a cultura estão convidados a se fazerem presentes e, se possível, levando um cartaz, um instrumento, um amigo, filhos, netos, vizinhos. Afinal, a biblioteca é de todos nós

Além do ABRAÇO, uma petição pública está disponível na internet. Quem quiser assinar, basta clicar aqui.

 

Anúncios