Convenção Psol junho 2014 (194)Toninho do Psol será candidato ao GDF pela coligação PSOL-PSTU-PCB

 

O Partido Socialismo e Liberdade -PSOL realizou no sábado, 21/6, a sua convenção com a finalidade de aprovar as candidaturas às eleições do dia 05 de outubro deste ano, bem como traçar a tática eleitoral,definir as alianças políticas e as principais propostas de programa para governar o Distrito Federal.

Para o GDF, foi selada uma aliança com o PSTU e o PCB. Os três partidos, entretanto, lançarão candidaturas individuais ao Senado Federal e à Câmara Federal. Aldemário Araújo, advogado, conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil e procurador da Fazenda Nacional, foi escolhido candidato a senador pelo PSOL.

Toninho e Chico
O jornalista Chico Sant’Anna, que em 2010 foi candidato ao Senado, nestas eleições será candidato a deputado distrital

Câmara Distrital

Para a Câmara Distrital, a possibilidade de uma coligação será ainda definida pelos diretórios dos três partidos.

A nominata de candidatos a distritais do Psol-DF reúne 40 nomes, sendo 12 mulheres. Os destaques são para a ex-deputada federal, Maria José Maninha, o maestro Jorge Antunes e o Jornalista e editor deste blog, Chico Sant’Anna. Antunes e Sant’Anna foram, em 2010, os candidatos ao Senado pelo partido.

Chico Sant’Anna traz em destaque a bandeira da preservação de Brasília, seu desenvolvimento sustentável e da mobilidade urbana, em especial, a conclusão da linha 1 do metrô e a retomada das linhas 2 e 3, implantação do VLT e a transformação da linha férrea da extinta RFFSA, em trem regional, ligando Luziânia ao Plano Piloto.

Candidatas distritais doPsol
A ex-deputada federal Maria José Maninha lidera uma nominata de candidatas mulheres à Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Para a Câmara Federal, o Psol trará doze candidatos (quatro são mulheres), nomes fortes, como o de Maria Luiza Fatorelli, defensora da auditoria da dívida pública, do Jornalista Antônio Carlos (Toncá) Burity, que vem com a bandeirada dos direitos LGBT e contra a homofobia, e de Tetê Monteiro, que em 2010, foi candidata a vice-governadora do Distrito Federal.

O Psol-DF se preparara para enfrentar adversários ricos e poderosos na política local. Mas as últimas pesquisas divulgadas apontam um empate técnico entre Toninho do Psol, Rodrigo Rollemberg e Agnelo Queiroz para o segundo candidato mais cotado. O Psol acredita ter a vantagem por ter mostrado coerência entre o seu discurso e a sua prática na defesa dos interesses dos trabalhadores e da preservação da qualidade de vida em Brasília.
Em nível nacional, Toninho terá o apoio da candidata à presidência da República, da ex-deputada federal, Luciana Genro.

Respeitabilidade

Em suas palavras, Toninho ressaltou que sua  candidatura a governador não inicia no zero. “Ganhamos respeitabilidade e o reconhecimento da população do Distrito Federal e do Entorno, principalmente após a campanha eleitoral de 2010, quando alcançamos mais de 199 mil votos, cerca de 14% do eleitorado. Nossa marca foi a coerência e a combatividade na defesa de um programa e de propostas que mudariam a face de nossa Capital.”

 

Anúncios