Poema de Fim de Semana: No céu de Suassuna

Por Luiz Martins da Silva

 

Lá, há, para ele,

Sumidade humana,

Um trono armorial de santo,

Pronto, já há tanto tempo!

 

Sua sina foi ser messiânico,

Imaginário compadecido

De um povo e seu devaneio,

Sublimação pelo riso.

 

Lá, no alto, agora, auréola

Para tantos personagens

E, aqui, cordel de louvores.

 

Santo foi, ao nosso modo,

Mártir, não de sofrimento,

Mas da pureza de um jumento.

 

Sobre Suassuna, leia também:

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura em Brasília, Cultura, Dramaturgia & Teatro, Literatura e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Poema de Fim de Semana: No céu de Suassuna

  1. Pingback: Foto-protesto, de TT Catalão: o culto oculto‏ | Brasília, por Chico Sant'Anna

  2. Pingback: Cordel da semana: Cordel para Ariano Suassuna | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s