Por Heliete R. Bastos, moradora da Asa Sul

Findo o espetáculo intitulado a “Copa das Copas”, voltamos ao triste status quo ante, em especial na Igrejinha de Fátima, localizada na entrequadra sul 307/308. A polícia sumiu! O retorno de moradores de rua, de sujeira e insegurança nas áreas próximas àquele ponto turístico da Capital, trás à tona a incapacidade do GDF em lidar com uma situação que se repete indefinidamente não somente no Plano Piloto, mas por todo o Distrito Federal.

Aos turistas, ofereceu-se um make up para encobrir a desorganização e a  falta de gestão que ronda aquele Patrimônio Cultural, fazendo presente naquela área, diuturnamente, de um a dois carros policiais, vigilantes, com a missão de afugentar aqueles que poderiam ferir a imagem da cidade e, por associação, de quem a governa.

Após os jogos, desnuda-se para os moradores da cidade sua real situação: de que continuam entregues à própria sorte! Agora, mais do que nunca, seremos solapados pelas promessas de uma enxurrada de candidatos, garantindo que, a partir de janeiro de 2015, nada será com antes!

Acredite quem quiser!

Anúncios