tabord outono075

 Poema de Luiz Martins da Silva. Foto de Chico Sant’Anna

 

Ser pai é ser mais

Que um simples ser;

É ser mais que um ente,

Genética para além de gente.

 

Ser pai é ser um outro ser;

É ser e estar num certo estado

De Deus na Terra

Guardeando sementes.

 

Ser pai é dormir na fila do Céu

Para guardar vagas dos filhos;

Para lhes garantir matrícula

No Liceu do Caráter.

 

Ser pai é ciência do acerto

Do que é certo para os seus.

Ser pai é ser antes de tudo pão,

Mesmo suado em searas agras.

 

Ser pai é ser quase um doce,

Que por vezes só se sabe

Quando o saber chega tarde,

Numa tarde quase noite.

 

Anúncios