Poema LUa

Por Ana Rossi

No controle da lua

sinto minha flama

filha da flâmula

que é

 

no controle da lua

sigo meu caminho

senhor sem fio

que é

 

no controle da lua

meus asteriscos voam

celestiais

bestiais

soam

 

e depois

sem depois

nada além do depois

vou 

Anúncios