Poema de Fim de Ano: Ano Novo para sempre

Por Luiz Martins da Silva

Nos tempos do vinil,

Todo hoje era um novo dia

De um novo tempo,

Pois o Brasil era para todos

O futuro de nossos sonhos

Cultivado em ninhadas.

 

O Brasil era um pouco Butão,

Um coreto era Schubert,

Ave Maria, hora do Angelus.

E nós, puros e contritos,

Em nosso município,

Como num crepúsculo de  Millet.

 

Ainda não existia você,

Mas, já desenhada,

A ave, pousada

Sobre um de meus ombros

Sussurrando num refrão:

“Love me. Please! Love me”.

 

“I can’t stop loving you”.

Aquilo era um mantra.

De mãos dadas, as moças,

Ornamentando o footing,

Arriscando flerts,

Dourando esperanças.

 

Hoje, nosso amor além das contas

E três operações [sem diminuir],

Renasce a cada manhã.

Talvez, uma única anciã

Ainda saiba das contas de um rosário,

Do que dizer aos bisnetos.

 

Começo a dar crédito a antigas lendas

Dessas que se contam para as crianças.

Lobos maus realmente existem

E, de fato, metem medo.

Por que fazem tudo ao contrário

Do que estava no enredo?

 

Como é fácil saber o que é bom

Para o Brasil e para os nossos filhos.

Eles desdenham de nossos conselhos,

A caminho de um de reveillon.

Grandalhões fazem 15 anos,

Dois mil anos depois.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura em Brasília, Cultura, Literatura e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s