Olhando

Por Ana Rossi

Encostada contra a parede

olho os passantes

eles passam

dia e noite

no langor dos momentos

langorosos

da cidade grande

que chora

sentada de pernas cruzadas

meu corpo respira

os movimentos passam

o tempo se move

devagar

devagar

bem devagar

doce vagar

Anúncios