Uma torre em dois tempos

Torre de TVTextos e fotos por Orlando Brito

 

Interessante!!!
Há dois ou três dias, fiz um post no facebook, no grupo Memória de Brasília, criado pelo Silvestre Gorgulho. Mostrei uma foto antiga da Torre de Televisão de Brasília. Impressionou-me a quantidade de pessoas que se identificaram com o assunto, a ponto de o compartilharem, curtirem e até o compartilharem. Por isso, resolvi voltar ao tema acrescentando uma pequena análise sobre ele. Como é domingo e disponho de um pouco de mais de tempo, resolvi voltar ao mesmo lugar em que fiz a referida fotografia, há em torno de 40 anos. Retornei ao mesmíssimo lugar e agora coloco as duas versões da mesma visão.

Como disse, no finalzinho da década de 1960 e no começo dos anos 70, a Torre de Tevê era cenário para concursos de hipismo. Essa prova de saltos, por exemplo, foi realizada onde hoje fica a feirinha de artesanato. Hoje, quatro décadas passadas, muita coisa mudou. Curioso observar como o tempo modificado tudo. Não somente as pessoas, mas também os objetos, as máquinas, a paisagem, tudo. A ver:

Naquela época, a Capital do Brasil mal tinha completado dez anos de inaugurada e acolhia em torno de 500 mil habitantes. Hoje é uma bela metrópole, com quase três milhões de moradores. A Torre, inaugurada em 1967, foi construída para receber as antenas das emissoras de televisão que se instalavam na cidade. O projeto é do urbanista Lúcio Costa. Hoje, com a modernização tecnológica os aparelhos estão dispostos em outra edificação, a Torre Digital, uma das últimas realizações do parceiro de Lúcio, o arquiteto Oscar Niemeyer.

Leia também:

Brasília era uma cidade sem entretenimento e, por isto, realizava-se nas imediações da Torre eventos que serviriam de diversão. No caso da primeira foto, vemos que se trata de um concurso de saltos hípicos. E, reparando no grande emblema afixado no meio das ferragens, fazia parte das comemorações da Semana do Exército. O País vivia os primeiros dos 21 anos do regime militar que o governou de 1964 até 1585.

O tempo passou e realmente modificou muita coisa. Por exemplo, vemos que agora temos no lugar das trilhas de terra, vistosas escadas rolantes. Ao invés de um cavaleiro sobre sua montaria, vemos senhor conduzindo uma bike. Aliás, as poucas bicicletas existentes anteriormente eram uma raridade. Hoje são, mais que meio de transporte, uma peça que faz parte do vasto conjunto de preocupações com os cuidados com a saúde. O mundo mudou, o Brasil mudou, e a sociedade também. Repare no vistoso elevador, que antes não havia, para facilitar a mobilidade dos portadores de deficiência física.

No espaço que antes era palco de uma competição equestre, hoje está instalada a feira de produtos artesanais, onde os turistas vão comprar peças para suas casas. Na foto atual, está em primeiro plano uma cadeira com almofada, de vime. Antes os artigos de decoração só eram encontrados nas lojas específicas dos móveis. Ainda no centro, uma lixeira, outra peça de exigência dos tempos atuais. Na imagem antiga, nenhum automóvel. Na atual, vários carros. Modernos, possantes, inclusive uma Kombi, atualizada para os tempos de hoje. Vê-se na foto de agora um dos vários edifícios do Setor Hoteleiro. E ainda, homem da bicicleta, vestindo a descontraída bermuda, falando em seu moderno aparelho de telefone celular, o aparelho sensação do momento.

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Brasília - DF, Memória & História Nacional, Plano Piloto. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Uma torre em dois tempos

  1. Pingback: Brasília e suas cicatrizes | Brasília, por Chico Sant'Anna

  2. Pingback: Fotos retratam as ruínas da jovem Capital Federal | Brasília, por Chico Sant'Anna

  3. Pingback: Qual a origem dos nomes das cidades do Distrito Federal? | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s