Itamaraty por dentro Albery SantiniCom base na Ascom/SJP-DF. Fotos de Albery Santini

 

A fotografia de arquitetura, esse o foco da próxima “Cozinha Fotográfica”, evento que recebe Albery Santini, fotojornalista apaixonado por arquitetura. O fotógrafo, que iniciou a carreira há quatro anos, nasceu no Rio de Janeiro e se mudou para Brasília em 1989. Morador da capital há 26 anos, ele afirma ser possível encontrar poesia nas imagens arquitetônicas. Recentemente,disputou contra 78 mil fotos, de 171 de países e foi selecionado dentre as quarenta imagens que participaram, em abril desse ano, de uma exposição em Londres, na galeria Somerset House.

A Cozinha Fotográfica é promovida pelo Sindicato dos Jornalistas do DF (SJP-DF) desde 1993. Criada pelo fotojornalista Ivaldo Cavancante, ela é um espaço de reflexão sobre a fotografia como meio de expressão e comunicação. Alberty Santinim o próximo profissional a se apresentar (dia 31/8, às 20 horas, na sede do Sindicato dos Jornalistas do DF) abordará o enquadramento fotográfico, as facilidades da câmara digital, entre outros temas.

O evento traz também o fotógrafo Kazuo Okubo que fará palestra sobre a imagem instantânea com sua oferta infinita de variedade perceptivas e interpretativas. Segundo Alan Marques, responsável pela organização da Cozinha Fotográfica, uma turma de estudantes da rede publica de ensino de Samambaia estará presente no debate;

TeatroNacional Albery SantiniConfira a seguir o que pensa Santini, em entrevista ao Sindicato dos Jornalistas:

SJPDF: Por que fotografar?

Santini: A fotografia é a arte de poder retratar um momento com um ponto de vista pessoal, de forma que a imagem possa contar uma história e despertar emoções. É a expressão da realidade com o olhar da alma.

SJP-DF: Como as linhas da arquitetura funcionam no enquadramento fotográfico?

Santini: A arquitetura demonstra harmonia e plenitude quando suas simetrias são colocadas numa imagem. A luz revela formas e ângulos diferentes, possibilitando explorar minimalismos e sombras de uma forma bem pessoal.

Visão Aérea Albery SantiniSJP-DF: Há como encontrar poesia no concreto?

Santini: Sempre. Desde a história antiga, a arquitetura procura conceber um uso prático e moderno das formas geométricas que pulsam com as pessoas e as cidades. Além do visual, exaltam sentimentos que também contam histórias.

SJP-DF: É mais fácil usar a câmera fotográfica digital?

Santini: A câmera digital possibilita um aprendizado mais rápido e econômico, trazendo bons resultados em médio prazo se acompanhado de estudo e prática adequados.

SJP-DF: Qual é o caminho a seguir para quem quer se formar dentro da fotografia?

Santini: Hoje com a popularização da fotografia e a grande oferta de serviços, especializações agregam valor e destacam o fotógrafo que oferece soluções além de fotografias. A concorrência e a própria forma como os negócios estão sendo definidos dentro do novo escopo tecnológico, demandam estudo e um profissional atualizado que foca na entrega de resultados.

Anúncios