MarianaPor Luiz Martins da Silva. Foto de Alexandre C. Mota

 

Berço da Humanidade, África.

Assim caminha a Humanidade

Desde uma África, arquétipo

De mães e filhos do mundo.

 

 

Minas, berço do Brasil,

Arca da independência,

Liberdade, ainda que tarde.

Mineiros, somos todos nós.

 

 

Que valores herdamos?

Protótipos humanos?

Utopias humanas?

Hoje, todos, Rio Doce.

 

 

Somos todos o mundo:

Mariana, Mariane… Mamas…

Alegorias republicanas.

Hoje, somos todas raças.

 

 

Aqui, onde sou e estou –

Brasília, Brasil, Via Láctea –,

Sou consciência e sentimento

De pessoas e peixes, à margem.

Anúncios