O Carnaval de Rua de Brasília está dentre os temas a serem alvo de campanha de propaganda do GDF.
O Carnaval de Rua de Brasília está dentre os temas a serem alvo de campanha de propaganda do GDF.

Por Chico Sant’Anna

Divulgação do carnaval de rua de Brasília é um dos temas previstos para ganhar campanha publicitária do GDF.R$ 74,340 milhões serão destinados aos meios de comunicação para o pagamento da veiculação das campanhas.

 

Mesmo com o orçamento apertado, o Governo do Distrito Federal pretende gastar cerca de 100 milhões  de reais em propaganda nesse ano de 2016. O valor exato para as para as ações de publicidade e propaganda é de R$ 99.121.086,00.  Esses valores não incluem as verbas publicitárias das empresas do GDF: Terracap, Ceb, Metrô e Caesb, dentre outras. Também não está incluída a verba de propaganda da Câmara Legislativa do DF. Os recursos serão utilizadas em campanhas de diferentes objetivos. Desde o carnaval de rua da Capital, até o combate ao mosquito da Dengue. Uma das campanhas a serem veiculadas na mídia intitula-se Orgulho de ser brasiliense.

A previsão oficial é de que até 25% dos recursos orçamentários destinados à publicidade em 2016 – ou seja, R$ 24,780 milhões – serão investidos na produção das peças publicitárias das campanhas ou serviços, tais como filmes, gráficas, produtoras, fotos, spots de rádio, banners, folders. Os 75% restantes – R$ 74,340 milhões – serão destinados aos meios de comunicação – rádio, TV, jornais, revistas, blogs e portais, além de out-doores – para o pagamento da veiculação das campanhas, os chamados planos de mídia, onde estarão indicados os custos com a divulgação das campanhas.

Leia também:

O divisão interna de todos esses valores foram definidos pela chefe da Comunicação Institucional e Interação Social da governadoria do GDF, Vera Canfran. Ela baixou, dia de 19 de janeiro de 2016, a Instrução Normativa nº 1/2016. O documento define o Plano de Publicidade e Propaganda do Governo do Distrito Federal para 2016.

O plano de trabalho para 2016 foi dividido em cinco grupos:

  • Grupo 1- Saúde e Meio Ambiente, que agrega as campanhas e serviços propostos para 2016 pelas secretarias de Saúde e do Meio Ambiente;
  • Grupo 2 – Educação, Esporte, Turismo Cultura e Lazer, onde estão as ações das secretarias de Educação; de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo e de Cultura;
  • Grupo 3 – Segurança, que junta as previsões das secretarias de Segurança e Cidadania e de Mobilidade Urbana;
  • Grupo 4- Infraestrutura e Base, que incorpora as secretarias de Planejamento, da Fazenda, de Gestão do Território e Habitação, de Infraestrutura e Serviços Públicos e da Agricultura Abastecimento e Desenvolvimento Rural; e
  • Grupo 5 – Governança e Bem Estar Social, onde estão reunidas as secretarias do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, de Justiça e de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude.

Dentre as campanhas institucionais previstas para esse ano, destacam-se a do Carnaval de Rua Brasília 2016, Aniversário de Brasília, revezamento da Tocha Olímpica, realização dos Jogos de Futebol Olimpíada 2016 e Natal de Brasília.

Haverá também campanhas de utilidade pública versando sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, à raiva animal, captação para doadores de leite materno e sangue, prevenção da Aids, prevenção de queimadas no cerrado, Vacinação contra febre aftosa,  divulgação dos  calendários de pagamento de IPTU e IPVA, telematrícula na rede de ensino público, Bienal do Livro, Jogos Escolares Olimpíada da Língua Portuguesa, e Festival de Curta Metragem das Escolas Públicas do DF

Os recursos também serão utilizados para a veiculação da chamada publicidade legal (editais, avisos) oriundos das secretarias, cujos valores, informa a instrução normativa, não podem ser previstos antecipadamente.

Anúncios