Das 50 cidades mais violentas do mundo em 2015, 21 são brasileiras. Foto de Ivaldo Cavalcante
Das 50 cidades mais violentas do mundo em 2015, 21 são brasileiras. Foto de Ivaldo Cavalcante

Das 50 cidades mais violentas do mundo em 2015, 21 são brasileiras.

A maior parcela está localizada nas Regiões Norte e Nordeste.

O levantamento, elaborado com base no número de homicídios dolosos, é da ong mexicana Seguridad, Justicia y Paz (Segurança, Justiça e Paz), divulgado dia 26. Fortaleza é considerada a cidade brasileira mais vioenta. Ela está na 12ª posição do ranking, enquanto Caracas, a capital da Venezuela, com 119,87 homicídios a cada 100 mil habitantes; lidera a lista mundial.

No Brasil, depois de Fortaleza, aparece na sequência, Natal (13º), Salvador (14º), João Pessoa (16º), Maceió (18º), São Luis (21º), Cuiabá (22º), Manaus (23º), Belém (26º), Feira de Santana (27º), Goiânia (29º), Teresina (30º), Vitória (31º), Vitória da Conquista (36º), Recife (37º), Aracaju (38º), Campos dos Goytacazes (39º), Campina Grande (40º), Porto Alegre (43º), Curitiba (44º) e Macapá (48º).

Leia também:

Belo Horizonte, que esteve na lista de 2014, não aparece na pesquisa de 2015. Já Campos dos Goytacazes, Feira de Santana e Vitória da Conquista entraram pela primeira vez na lista. Saíram do ranking das 50 mais violentas Medellín e Cúcuta (Colômbia), Chihuahua, Cuernavaca, Juárez, Nuevo Laredo e Torreón (México). O México, aliás, foi o país com mais progresso no combate à violência. Cinco cidades deixaram a lista. Em 2011 o país chegou a ter 12 urbes.

Entre as 50 da lista, oito estão na Venezuela, cinco no México, quatro na África do Sul, quatro nos Estados Unidos, três na Colômbia e duas em Honduras. Entre as mais violentas do mundo, 41 delas estão na América Latina. Os Estados Unidos figuram com St. Louis (15º), Baltimore (19º), Detroit (28º), Nova Orleans (32º).

Confira o ranking completo com as 50 cidades mais violentas do mundo em 2015

(Clique com o lado direito do mouse para abrir a tabela)

tabela violência

 

Anúncios