Olimpíadas: Brasília recebe 10 jogos, aguarda 400 mil turistas e R$ 160 milhões de receita

Mané Garrincha - CopaConfirmada a expectativa econômica, a receita obtida pelo DF seria de apenas 12,3% do que rendeu a Copa.

Texto e foto por Chico Sant’Anna

O futebol masculino do Brasil terá Brasília como sede em 2 jogos. A estréia da seleção brasileira será no dia quatro de agosto, contra a África do Sul. Três dias depois, a equipe entra em campo contra o Iraque. Ao todo, a capital será anfitriã em 10 jogos de futebol nas modalidades masculina e feminina.

As equipes adversárias do Brasil, à primeira vista, parecem ser adversários sem maiores perigos.  Vão enfrentar, contudo, o desafio da secura do Planalto Central, em pleno mês de agosto. Há quem diga que a baixa umidade pode até ser mais nociva para os brasileiros que se adaptaram ao clima europeu.

Na primeira fase, Brasília ainda contará com jogos masculinos entre a Dinamarca e Iraque, Dinamarca e África do Sul, Koréia e México e Argentina e Honduras. No feminino, haverá partidas entre Alemanha e Canadá e China e Suécia.

Passada a primeira etapa, o Mané Garrincha irá receber duas partidas pelas quartas-de-final. Na sexta, 12/8, será pelo futebol feminino e no sábado, 13/8, pelo masculino.

Leia também:

Turistas

Na economia local, a espectativa é que os turistas movimentem a economia local. Além dos jogos do Brasil, o subsecretário de Turismo, Jaime Recena, está particularmente contente com a partida da Argentina e Honduras, pois a Capital Federal está interligada com a capital argentina com vôos diários. E espera uma invasão de hermanos ao Planalto Central.

A presença de equipes européias – Alemanha, Dinamarca e Suécia – também anima as autoridades do turismo. Além disso, e ao contrário do que aconteceu na Copa do Mundo, o GDF busca agora fazer Brasília de sede de preparação de uma seleção européia feminina de futebol e de outras duas sul-americanas, mas de outras modalidades olimpicas. A medida, além de atrair jornalistas internacionais, contribuindo para uma visibilidade internacional maior da cidade, contribui para que os turistas permaneçam mais tempo acompanhando na cidade seus atletas preferidos.

Em 2014, durante a Copa, a movimentação de turistas nacionais e estrangeiros no estádio Mané Garrincha foi a segunda maior entre as arenas do Mundial e o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek bateu recorde na operação de voos internacionais.

Segundo dados oficiais, 633 mil turistas visitaram Brasília durante os 21 dias do torneio, embora a cidade tenham hospedado sete jogos apenas. De acordo com informe de 2014 da então secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur/DF), foram naquela época 488.903 turistas nacionais e 143.743 estrangeiros. Essa quantidade de visitantes movimentou R$ 1,3 bilhão na economia local. Em média, cada turista teve uma estadia de 4,2 dias e gastou cerca de R$ 2 mil na cidade.

A expectativa agora é saber quanto os dez jogos de futebol das olimpíadas irá injetar na economia local. Embora venha sediar mais jogos do que durante a Copa, as autoridades locais acreditam que a vinda de turistas será menor. Algo em torno de 400 mil pessoas, entre brasileiros e estrangeiros, o que deve resultar numa injeção de valores da ordem de R$ 160 milhões. Confirmada a expectativa, a receita seria de apenas 12,3% do que rendeu a Copa.

Quem não possui ingressos, ainda pode tentar adquirir. Os bilhetes podem ser adquiridos pelo site www.rio2016.com/ingressos

Riscos

Mas Brasília ainda corre o risco de ser uma bola fora nessas Olimpíadas. Segundo informa o portal UOL, apesar da divulgação do calendário, Brasília corre risco de perder a chance de ser sede das partidas do futebol pelo Comitê Organizador. O Governo do Distrito Federal não teria apresentado, ainda, o caderno de encargos, nem a matriz de responsabilidade e nem tampouco cravou a data para assinar o contrato com com a organização dos Jogos. Procurados por esse blog, a subsecretária de esportes, Leila Barros, estava incomunicável, no Rio de Janeiro, e a sub-secretaria de Turismo não tinha elementos para confirmar ou negar a informação do UOL.

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Alemanha, Argentina, Brasília - DF, Copa do Mundo & Olimpíadas, Distrito Federal, Economia & Finanças, Esportes, Festas & Eventos, Futebol, GDF, Mané Garrincha, México, Turismo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Olimpíadas: Brasília recebe 10 jogos, aguarda 400 mil turistas e R$ 160 milhões de receita

  1. Pingback: Mané Garrincha: GDF dá descontão de quase meio milhão pra jogos do Flamengo | Brasília, por Chico Sant'Anna

  2. Pingback: Olimpíadas: turistas estrangeiros não terão placas bilíngües no DF | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s