Clippin ForbesFamília do empresário que é proprietário da Gol, da Pioneira e de outras empresas de ônibus se destaca na edição da Forbes com cinco contas em paraísos fiscais.

A Família Constantino, proprietária da companhia aérea Gol foi tema da edição on-line da Revista Forbes, editada nos Estados Unidos. Tratando da operação Panamá, que revelou a lista de políticos e empresários de todo mundo que são detententores de empresasa offshore em paraísos fiscais, abertas por meio do escritório de advocácia panamenho

Em reportagem da jornalista  Kerry A. Dolan, a Forbes lembrou que os os quarto irmãos Constantino, sócios da companhia aérea GOL,  constaram da lista de bilionários da Forbes nos anos de 2006 e 2007.

Agora, a família – que em Brasília também é proprietária da Viação Pioneira, empresa de ônibus que dentre outras linhas opera o BRT para o Gama e Santa Maria -, aparece associada a cinco offshore nas Ilhas Virgens Britânicas.

Trata-se de um paraíso fiscal, localizado no Mar do Caribe, a Leste de Porto Rico. Ao todo, a Forbes revela que cinco bilionários do Brasil, os filhos de dois outros bilionários brasileiros (incluindo o filho do homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann), e quatro famílias que já deixaram de pertencer no restrito clube dos bilionários brasileiros foram expostas como resultado do vazamento Panamá Papers.

Uma dessas offshore terai sido criada para a compra de um jato, mas, aparentemente, a compra não se concretizou, diz a Forbes. Ao portal de notícias UOL, a família confirmou que a existência das offshores e afirmou que elas foram declaradas às autoridades brasileiras. Um porta-voz da Gol procurado pela Revista Forbes, não atendeu às demandas feitas.

Anúncios