Au revoir, Brasília! Air France anuncia fim da rota para Paris

avião air france

A ligação direta Paris-Brasília durou pouco mais de dois anos. Agora só com conexão em São Paulo.

Pelo visto, depois que setembro passar, vai sobrar vaga para avião estacionar na ala internacional do Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília. Seguindo o comportamento de outras empresas aéreas, agora é a vez da francesa Air France anunciar para setembro, logo após o término das Olimpíadas, o fim da rota que interliga a capital brasileira com a da França.

Nos portais de compra de passagem já nem mais aparecem vôos diretos; Quem quiser ir à Cidade Luz terá que ir a São Paulo e esperar conexão que pode chegar a seis horas de espera. Um vôo Brasília-Paris levava em média 12 horas.

O vôo Brasília-Paris da Air France teve início em março de 2014, dentro do espirito da Copa do Mundo, com três três freqüências semanais. Ao lado de Rio de Janeiro e São Paulo, Brasília foi o terceiro portão de entrada escolhido pela companhia francesa. A partir de 15 de setembro de 2016, a empresa vai suspender os voos em virtude da queda da demanda na rota.

Leia também:

A InfraAmérica, concessionária que opera o aeroporto de Brasília, não quis comentar a decisão da empresa francesa. Nem se isso afetaria os planos de expansão do aeroporto. Informou a empresa que a Capital Federal continua contando com cinco destinos internacionais: Miami (American Airlines e TAM), Cidade do Panamá (Copa Airlines), Buenos Aires (TAM, GOL), Punta Cana (GOL) e Lisboa (TAP).

Entretanto, algumas dessas linhas estão com os dias contados. A TAM Linhas Aéreas, hoje propriedade da chilena LAN, informou esse ano ao mercado o cancelamento de duas linhas para a Flórida, nos Estados Unidos. Dia 5 de junho, passado, acabou a linha para Orlando. E em 1º de setembro será a vez da rota Brasília–Miami.

Vôos criados para trazerturistas estrangeirosnaépoca da CopadoMundodesaparecemlogoapósasOlimpíadas.

Vôos criados para trazer a Brasília turistas estrangeiros na época da Copa do Mundo desaparecem logo após as Olimpíadas. Foto de Chico Sant’Anna.

O turismo internacional de Brasília tem sofrido freqüentemente com o freqüente cancelamento de diversas linhas aéreas internacionais e também pela não efetivação de outras.

Em em abril desse ano, a Aerolíneas Argentinas cancelou sua rota que ligava as duas capitais mais importantes do Mercosul: Buenos Aires e Brasília. Em junho de 2013, a Transporte Aéreos Centro-americano -Taca, de propriedade da Avianca, cancelou o vôo que ligava Brasília a Bogotá e dela com conexões para todos países sul-americanos da costa do Pacifico e também para a América do Norte e Central. O vôo era inclusive uma opção mais econômica para aqueles que se destinavam à costa Oeste dos Estados Unidos.

Em outubro de 2011, a cidade voltou a perder novas linhas. Desta vez, a Tam, já em função da incorporação da pela LAN, cancelou a rota Brasília-Lima. Esta fusão das empresas implicou, ainda, no abandono, pela empresa chilena, de implantação do vôo de Santiago ao Planalto Central.

Com menos vôos diretos, sofrem os passageiros de Brasília, obrigados a reforçar a lotação dos vôos que saem de São Paulo e Rio de Janeiro. A lucratividade dos grupos econômicos em primeiro lugar e o conforto dos passageiros em segundo plano. Sofre a cidade que perde com a presença de turistas internacionais. Perdem-se empregos,seja na própria logística aeroportuária – manutenção, limpeza, alimentação – seja no setor hoteleiro e de bares e restaurantes.

O secretário de Turismo do DF, Jaime Recena, disse a esse blog ter tomado conhecimento somente agora da decisão da Air France, que entende as razões da companhia aérea e que está procurando à empresa para ver se a decisão é contornável e que medidas poderiam ser adotadas pelo GDF para que o vôo permaneça.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Aviação, Brasília - DF, Copa do Mundo & Olimpíadas, Distrito Federal, Emprego & Mercado de Trabalho, França, Turismo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Au revoir, Brasília! Air France anuncia fim da rota para Paris

  1. Ricardo Moura disse:

    Fiz esse voo em 2014, excelente serviço. É uma pena. Era algo de muito valioso termos um voo direto para Paris saindo aqui de Brasília. Espero que isso passe e a empresa retorne um dia a fazer essa rota.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s