Exclusivo: Agenda de blitzes do Detran vaza nas redes sociais

tabela-bltzes-com-molduraPor Chico Sant’Anna

Em sendo verídicos o documento e as informações que circulam nas redes sociais, elas revelam, antes de mais nada, um despreparo das instituições de segurança pública do Distrito Federal quanto ao sigilo de suas operações.

A imagem de um documento em papel timbrado da Diretoria de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, relacionando supostas operações noturnas de fiscalização – blitzes -, está circulando nas redes sociais, em especial nos grupos de whatsapp.

A suposta agenda de blitzes noturnas – cuja autenticidade não pôde ser verificada – relaciona datas, horários de início e de término e locais onde os agentes do Detran entrariam em ação e detalha se haveria bafômetro disponível, para medir o nível de alcoolemia, disponível na operação. No fac-símile, aparecem operações previstas no período de 6 a 27 de outubro.

blitz-detran-zapSão citadas  operações no Park Way, Candangolândia, duas em Santa Maria, Recanto das Emas,  Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo 1 e Gama. E ainda informa o local de encontro dos agentes envolvidos, que em muitos casos são as unidades da Polícia Militar do Distrito Federal.

Uma segunda mensagem, que o blog também não conseguiu apurar sua veracidade, informa que 179 blits (sic) seriam realizadas nos próximos dias, com a mobilização de 2.879 agentes, 870 bafômetros, 25 guinchos e 213 viaturas.
Na mensagem são informadas operações da Companhia de Policia Rodoviária do Distrito Federal – CPRv.

Arrecadação

Em julho desse ano, o GDF informava que 430 mil motoristas que ainda não quitaram o IPVA e licenciamento. São cerca de R$ 225 milhões a receber. Referente ao exercício de 2015, os inadimplentes totalizam 163 mil veículos.

Para tentar corrigir esse quadro e melhorar o caixa do Tesouro, O GDF programou para a partir de outubro uma ação intensa de fiscalização de veículos. Blitzes tem sido realizada por todos os lados. É possível que o documento que circula nas redes sociais faça parte deste planejamento.

As blitzes servem para retirar de circulação carros e motoristas que estão irregulares, mas também fortalecem o caixa do Governo do Distrito Federal. Quem não está em dia com os impostos e taxas está sujeito a multa de R$ 191,00 e sete pontos na carteira.

blitz-detran-twitterAvisar Blitz é crime?

Em sendo verídico o documento e as informações que circulam nas redes sociais, elas revelam, antes de mais nada, um despreparo das instituições de segurança pública do Distrito Federal quanto ao sigilo de suas operações.

O aviso de blitzes nas redes sociais é um tema polêmico quanto a sua legalidade, moralidade e justeza, mas recorrente. No twitter, um perfil denominado @AvisoBlitzDF chegou a ser criado em 2010, reuniu mais de 6.500 seguidores, mas desde 2014 não há postagem nova.

Em fevereiro de 2012, o então secretário da Juventude do governo Agnelo Queiroz, Fernando Neto, se envolveu num escândalo por divulgar nas redes sociais blitzes realizadas pelo próprio governo do qual ele fazia parte no âmbito da Lei Seca. O secretário perdeu o cargo.

Ainda não existe uma legislação especifica que criminalize quem divulgue a realização de blitzes em redes sociais. No Rio Grande do Sul, tramita na Assembléia Legislativa, projeto de lei que prevê punições para quem divulgar em redes sociais os locais e horários das fiscalizações. Autoridades ressaltam que muitas informações são usadas por bandidos.

Na inexistência de uma lei específica, em Vitória, Espirito Santo, um juiz se valeu de um artigo do Código Penal, que data de 1940, anterior até a existência da Televisão em nosso País. O artigo 265 diz que quem atentar contra à segurança ou ao funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública está sujeito à pena de reclusão, de um a cinco anos, além de multa.

Em artigo no portal JusBrasil, o professor de Direito e ex-juiz de Direito, Luiz Flávio Gomes, considera “bastante discutível o enquadramento” definido pelo Juiz de Vitória.

“Mas de qualquer modo não de pode deixar de criticar a postura dos que tentam burlar a fiscalização de algo extremamente sério como é a lei seca. O homo democraticus, que faz uso abundante da sua vulgaridade, necessita dar um salto de qualidade em termos de ética e moral” – diz ele.

 

 

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Brasília - DF, Detran & Contran, Distrito Federal, GDF, Redes Sociais, Redes Sociais, Secretaria de Segurança, Segurança Pública. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Exclusivo: Agenda de blitzes do Detran vaza nas redes sociais

  1. Seria esta a ‘competência’ do governo Rollemberg em questão de segurança? Ou o que há é algum boicote ao seu governo por “forças ocultas”? Ou desleixo com o planejamento das necessárias blitzes?
    Responda quem souber. Quem não souber faça como o governo do DF: continue chutando. Um dia acerta.

    Curtir

  2. Pingback: Cronograma de operações do Detran vaza em redes sociais

  3. Rodrigo Cunha disse:

    O que ocorreu é um crime. Precisa ser investigado e os responsáveis penalizados!

    Curtir

  4. Bruno Fernandes disse:

    Queria saber é como entra nesse grupo do whatsapp, mando meu numero por e-mail, rs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s