barra-grande-piaui-333
Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina de Goiás, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás farão a transição do sinal analógico junto do Distrito Federal. Foto de Chico Sant’Anna.

Por Chico Sant’Anna

Para evitar que ocorra um apagão midiático em Brasília e em nove municípios do Entorno, o desligamento das transmissões de televisão pelo sistema analógico  poderá ser adiado novamente. Quem cogita isso é o próprio ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab.

A migração da TV analógica para a Digital em Brasília estava programada para ocorrer em 26 de outubro. Ainda não há uma nova data definida e  adiamento poderá ser de apenas de algumas semanas. O motivo da protelação é que a totalidade dos brasilienses não comprou os equipamentos que permitirão assistir à TV no novo sistema.

Os municípios goianos do Entorno que farão a transição do sinal analógico junto do Distrito Federal são: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina de Goiás, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Leia também:

Pela determinação legal, ao menos 93% dos domicílios devem estar habilitados para receber o sinal digital, seja por meio dos novos aparelhos de televisão ou por meio da instalação de conversores. O ministro mencionou que as pesquisas indicam que apenas 85% das residências já estão aptas às mudanças. Os números oficiais são contestados pelas emissoras de televisão, que calculam em 79% o percentual de casas que já poderiam receber o sinal digital. Especialistas preveem que até o dia 26, pelo menos 10% das residências de Brasília e região ainda estarão desconectadas porque os telespectadores não conseguirão instalar os equipamentos a tempo.

Apagão midiático

Muitos daqueles que possuem cadastro social e por isso tinham direito aos conversores gratuitamente não foram buscar, em sua totalidade, os kits. Dos 360 mil lares com direito ao conversor gratuito, pelo menos 100 mil famílias não o fizeram.

Para saber se você tem direito ao conversor gratuitamente, clique aqui, acesse o portal  ou ligue para o número 147 com o CPF e o NIS (Número de Identificação Social) em mãos.

Isso significa dizer que uma expressiva população do Distrito Federal e Entorno poderá de uma hora para a outra ficar sem acesso a qualquer tipo de informação ou entretenimento televisivo. O impacto político de um fenômeno de tal magnitude seria bastante negativo para o governo federal, que já se defronta com quedas de popularidade.

Segundo adiamento

O desligamento do sinal analógico da TV aberta em Brasília estava previsto para acontecer em abril deste ano, mas foi adiado para o mês de outubro por conta da realização dos Jogos Olímpicos. Muita gente poderia não ter condições de comprar uma nova televisão até lá e ficar privado de ver os jogos. Isso acabaria jogando contra o governo, provocando mais uma ingrediente de insatisfação social.

Com a adoção do sistema de TV Digital, os canais 2, TV Brasil; 4, Band; 6, TV Brasília; 8, Record; 10, Globo; e 12, SBT ganharão nova numeração e serão disponíveis apenas no sistema digital. O mesmo acontecerá com alguns canais transmitidos hoje em UHF, como as TVs Senado, Câmara e Justiça. Atualmente,a grande maioria dos canais abertos vem operando no sistema analógico e no digital e a partir de outubro haverá o desligamento do analógico.

Anúncios