arfresco-capadocia-nov-2013-13
Afresco A Fuga para o Egito, na igreja católica ortodoxa, Daniel Pantanassa (Ağaçaltı) escavada nas montanhas do Vale Ihlara, Capadócia, Turquia. Foto de Chico Sant’Anna.

Por Luiz Martins da Silva. Foto de Chico Sant’Anna

 

I

Dorme humilde e sagrada família.
Rumor, alguém pela janela.
É ele! (Certeza infantil), a barba longa e branca.
Mas, cadê o fardão vermelho?
Há algo de errado, a sacola está vazia.
E o velhinho é que está pegando coisas.

II

Numa só noite, rompendo a madrugada,
Eles reuniram num grande sacolão
Dezenas de pacotes de maldades,
Eram políticos ou fanfarrões?
De uma só vez, os empacotadores
Desembrulharam presentes de duas décadas.

III

Pouco antes da meia-noite, em que mundo?
Por desígnio de algum espírito natalino
Os ódios, até os mais extremos, foram adiados.
As armas, por enguiço, nenhum disparo.
Os caminhões da morte, sem combustível.
E as mentes assassinas, ouvindo sinos.

IV

Shoppings, lotados até a última ceia.
Finalmente, a folga dos empregados.
Alguns deles seguiram com os gorros,
Foram diretamente para o lar, como estavam,
Como sempre, corações de pais e mães
Na luta diária e doméstica dos pães.

V

Caso lhe ocorra agradecer por mais uma noite
De paz na Terra aos homens e mulheres de boa vontade,
Bem vindas as imagens e melodias de Noel.
Ou, quem sabe, da criança na manjedoura
Entre pastores, animais e Reis Magos.
Pense na estrela-guia da humildade.

Anúncios