ponte-noturnaPoema e foto de Ana Rossi

 

Estampas em voo
ladrilhos que latem
singelas fortalezas
nascem e caem
 

Gritos que amordaçam
sensações (des)conhecidas
rumores ao vento
assim vou
 

Espelhos trançados
olhares cortados
humores voltados
assim estou
 

E na mordaça do tempo
desperto enfim
e sou 

Anúncios