Vítimas da dependência crônica
– reféns do arbítrio com “cara” de legitimidade –
prisioneiros da cobiça
– sacrificados pela omissão generalizada –
mártires dos privilégios
– encarcerados na desinformação –
bloqueados pela manipulação
– violentados pela compulsiva estratégia da alienação programada…
são muitas as pedras que submetem os brasis…

Anúncios