Poema de Ana Rossi. Foto de Chico Sant’Anna

E se todas as gavetas soubessem o que as outras têm…

seria possível respirar?
seria possível chorar?
seria possível corar?
seria possível discordar?

seria possível lamentar?
seria possível lastimar?
seria possível ignorar?
seria possível bocejar?

seria possível trapacear?
 

se todas as gavetas soubessem o que as outras têm…