No sertão cearense, 60 km da extinta RFFSA foram transformados no VLT do Cariri. Mesmo com a bitola mais estreita.

A paralisação dos caminhoneiros mostrou que em Brasília somos reféns do transporte rodoviário.

Tudo em Brasília, mercadorias e passageiros, se move excepcionalmente sobre rodas.
Nosso sistema ferroviário é quase inexistente e não se investe neste setor.

Enquanto isso, as soluções que nos são apresentadas são sempre rodoviaristas, mais estradas, mais rodovias.
Esta realidade mostra que estamos na contramão da discussão sobre infraestrutura.

Leia também:

Quando uma crise como a atual se faz presente, ai é que sentimos mais a dor da carência de um bom sistema de mobilidade urbana.
Mudar esta realidade, além da vontade política, requer uma ação que integre o governo Federal e os de Goiás e o Distrito Federal. Tarefa de um parlamentar federal: senador ou deputado.

Acompanhe o comentário abaixo e veja as soluções mais econômicas