PORTELA 2017
Desfila sobre um vale de lágrimas, descaso, omissão e o império da cobiça…
E ainda querem “flexibilizar” mais a fiscalização ambiental… 
E ainda querem afrouxar mais a legislação de controle por que “meio ambiente é frescura”…
E ainda acham que punir criminosos ambientais atrapalha o “progresso”…
O tal brasil pra cima de tudo e por cima de todos ataca a vida pela raiz…
Quanto vale quem não dá valor aos viventes – bichos, ar, terra, pedras, mares, rios, povos originários, água, gentes?