O presidente Jair Bolsonaro desistiu de ir ao Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, mas Brasília não ficará ausente do evento.

A mezzo-soprano brasiliense, Luisa Francisconi, hoje radicada em São Paulo se apresenta em Davos, Suíça, no dia 20 de janeiro na Cerimônia de Abertura do Fórum Econômico Mundial.

A artista, que é filha do urbanista Jorge Guilherme Francisconi, cantará a Nona Sinfonia de Beethoven junto ao Coro da Osesp e à Orquestra Jovem da União Europeia, com regência de Marin Alsop.

A Sinfonia, também chamada Ode à Alegria, será apresentada em português, dentro do projeto Todos Juntos, Uma Ode Global à Alegria, capitaneado por Marin Alsop, em cooperação com o Carnegie Hall.

A apresentação juntará no palco 120 pessoas de 5 continentes, representando 20 diferentes nacionalidades. O projeto faz parte da comemoração dos 250 anos do nascimento de Beethoven.