Poema de Luiz Martins da Silva. Foto de Alice Martins

Para Helena Maria Martins Terra

 

I
Soube, enviei.
A Nasa aceitou.
A nave levou.

II
Uma foto para o Cosmos.
Mensagem da Terra
Para as extraterras.

III
A esta hora,
Bem lá fora
Do Sistema Solar.

IV
Saberão, lá,
Pra lá da Via Láctea,
Criança e cadela?

V
Difícil acreditar,
Planeta, estrela…
Tanto zelo, esmero.

VI
Nunca se saberá
De destinatário capaz
De corresponder.

VII
Talvez, algum dia
Alguém nos diga:
“Aqui, também”.

VIII
Não basta amar,
É preciso mostrar
Para todo o Universo.

IX
Tão grande amor,
Que haja louvor
Em prosa e verso.

X
Criança e bicho,
Em sagrado nicho,
Paz estelar.