Em sessenta artigos escritos com bom humor, Geeraldo Nogueira questiona o papel dos urbanistas no planejamento das cidades. Quem as controla?

Em tempos de mudanças radicais no projeto urbanístico de Brasilia, com a criação de novos bairros, a mudança de destino de uso, transformando bairros residenciais em comerciais é importante ir beber na fonte de quem sabe.

Discutir as cidades, seus códigos e suas peculiaridades: esse é um dos pontos que o arquiteto e professor aposentado da Universidade de Brasília, Geraldo Nogueira Batista, pretende com seu novo livro. Alquimia Urbana, primeiro autor homem do Coletivo Maria Cobogó –  grupo que só editava até então escritoras mulheres –  veio para questionar as cidades, seus traçados, seus erros, acertos e desvios.

Agregando uma experiência de 40 anos como arquiteto e urbanista, Geraldo Nogueira questiona o papel dos urbanistas no planejamento das cidades. Quem as controla ? Essa e outras questões são contempladas com seriedade e bom humor em sessenta artigos escritos. A maioria deles sobre Brasília, de quem o autor possui uma visão amorosa e crítica.

Geraldo Nogueira Batista trouxe para as páginas de Alquimia Urbana também suas análises realizadas a partir de suas andanças pelo mundo. Dessa forma, diversas cidades, como o Rio de Janeiro, Dresden, Fez, Berlim , Mendoza e muitas outras foram contempladas em suas considerações.

Serviço:
Alquimia Urbana.
Autor: Coletivo Maria Cobogó
Edição: Coletivo Maria Cobogó
Lançamento em Brasília: sábado, 31 de julho, das 14 às 18h (Ao ar livre).
Local: Banca da Conceição – SQS 308