Pré-candidata do PT ao GDF, Rosilene Corrêa, afirma que há uma grande empolgação e vontade de ganhar as ruas, de fazer uma bonita campanha

Por Diva Araújo, publicado simultanemanete no semanário Brasília Capital

Empolgada para colocar sua campanha nas ruas em busca de votos, a professora Rosilene Corrêa, pré-candidata ao Governo do Distrito Federal pelo Partido dos Trabalhadores, diz estar otimista para encabeçar a chapa da federação PT-PV-PCdoB. “Há uma empolgação muito grande e uma vontade e disposição de ganhar as ruas, de fazer uma bonita campanha. Estou otimista de que tenhamos candidatura própria e que o nome seja o meu”.

Rosilene foi a convidada do programa Brasília Capital Notícias – Eleições 2022, parceria desse blog, do semanário Brasília Capital com a TV Comunitária e conduzido pelos jornalistas Orlando Pontes e Chico Sant’Anna, nessa segunda-feira (9). Ela concorre internamente com o ex-deputado Geraldo Magela a indicação do PT para seguir na corrida eleitoral pela cadeira de governador do DF. Federado com o PV e o PCdoB, o PT pode não ter um candidato próprio nessas eleições. Leandro Grass é outra opçõa da federação. A definição do PT será tomada durante encontro regional na próxima sexta-feira (13 e sábado (14), pelo voto de 300 delegados. Há uma expectativa de que a direção nacional do partido comunique sua escolha de candidato ao Buriti, antes mesmo da realização do Encontro.

A professora já foi escolhida pelo Diretório Regional. Mas essas duas instâncias podem ser desautorizadas pelo comando nacional da legenda, em função de acordos com aliados que possam fortalecer a candidatura presidencial de Luís Inácio Lula da Silva. De uma coisa, no entanto, Rosilene não tem dúvida, caso seja indicada para a disputa e eleita em outubro: não repetirá os erros do atual governador Ibaneis Rocha (MDB).

Para dar continuidade à leitura desse artigo, clique aqui.

Confira no vídeo a entrevista da professora Rosilene Corrêa ao Brasília Capital Notícias – Eleições 2022