Flor de Jambo 2 com créditoPoema de Luiz Martins Da Silva. Foto de Chico Sant’Anna

Gravo teu riso
Rupestre imagem
Tela ancestral.

Grafo teus olhos
Em céu astrológico 
De símbolos mágicos.

És minha guia
Talismã arcaico
Totem, tatuagem.

Não imaginas quantos
Sonhos poderosos
Me dão força contigo.

Coração troglodita,
Vigilante, cismo
Viver do teu abismo.

Anúncios