Pec do Teto: A banca leva tudo e com apoio dos senadores do DF

bancada-reguffe-helio-jose-cristovam

Bancada do DF: Reguffe, Hélio José e Cristóvam Buarque. Todos votos favoráveis à PEC do Teto. Fotos de Jefferson Rudy e Pedro França/ Agência Senado

Por Chico Sant’Anna

 

A PEC do Teto dos gastos públicos é um bom e cintilante recado para os bancos, credores e especuladores que ganham com a combalida economia nacional. Para eles, isso significa que antes de pensar em pagar as despesas sociais – saúde, educação, transporte, segurança, etc – os credores terão garantidos o seu quinhão.

De cada R$ 100,00 gastos pelo governo, mais de R$ 45,00 são para pagar a dívida pública. Educação e Saúde, juntas, ficam com R$ 7,71. Em 2014, segundo a auditora Maria Lúcia Fatorelli, presidente da ong Auditoria Cidadão, foram R$ 978 bilhões destinados, em sua imensa maioria, a bancos e outras instituições financeiras. O valor é 12 vezes superior ao que foi destinado à educação e 11 ve­zes aos gastos com a saúde no mesmo período. E mesmo já sendo hiper privilegiados, os credores querem mais garantia. Garantia essa que recai justamente na redução dos investimentos em atividades sociais de uma sociedade ainda desigual e onde a pobreza se faz presente.

coluna-23

Publicado originalmente na coluna Brasília, por Chico Sant’Anna, do semanário Brasília Capital.

Unidos pelo Teto

Até o Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas é contra a Pec do Teto devido aos reflexos negativos que irá gerar nos padrões socioeconômicos do Brasil. Mas os três senadores do Distrito Federal, Cristovam Buarque (PPS), Hélio José (PMDB) e Reguffe (sem partido), fecharam com o pacotão de arrocho do governo Temer e votaram favoravelmente a PEC do Teto. Ela limita o crescimento do orçamentos de gastos do governo à variação da inflação do ano anterior. A aplicação da PEC representa menos dinheiro para áreas sociais, tais como Saúde, Educação e Segurança, justamente aquelas que o Distrito Federal vem sofrendo mais. Reguffe tenta se diferenciar dos demais e diz que na apreciação do destaque que excluía do congelamento as despesas com Educação e Saúde, votou pela exclusão e que se seus colegas de bancada tivessem feito o mesmo, esses dois setores teriam focado imunes ao arrocho. Na verdade, seria necessário ainda mais um voto, que poderia ter vindo, quem sabe do PDT.

brizola-arraesArraes e Brizola

Na semana em que se comemora o centenário de Miguel Arraes, fundador do PSB, ele e seu contemporâneo, Leonel Brizola devem ter ficado bastante inquietos lá na dimensão onde se encontram.

Os três senadores do PDT, Telmário Mota (RR), Lasier Martins (RS) e Pastor Valadares (RO) esqueceram-se dos dogmas do partido e fecharam com Temer e os credores. O PDT fala agora em expulsão dos três da legenda, mas mesmo que ocorra, o estrago está feito.

Também três herdeiros políticos de Arraes – Antônio Carlos Valadares (SE), Fernando Coelho (PE), e Lúcia Vânia (GO) trocaram o S, de Socialista, que aparece na sigla partidária, pelo $, que agradou tanto os banqueiros.

Copyright - Câmara Legislativa do DFDesunidos pela Mesa

Não adiantaram todos os conchavos de Rodrigo Rollemberg. Nem mesmo o feito de conquistar o apoio da bancada do PT – contra posicionamento da Executiva do partido – à candidatura oficial de Agaciel Maia para a presidência da Câmara Legislativa. A CLDF se dividiu literalmente pela metade: 12 a 12, entre Joe Vale e Agaciel. O desempate quase foi no cara e coroa, mas prevaleceu a regra de que quem havia obtido mais votos na eleição de 2014 e ai, a popularidade de Joe falou mais alto e ele será o presidente do legislativo local até 2018, pavimentando uma candidatura ao GDF.

Com ele, além da bancada pedetista, a Rede, de Chico Leite, o PMDB, de Tadeu Filippelli, que articulou pelos bastidores, e o PPS de Celina Leão e Raimundo Ribeiro, afastados da mesa atual pela Operação Drácon. Com certeza, esse agrupamento, mesmo que venha chegar dividido nas urnas de 2018 – até porque o PMDB deverá ter candidato próprio – dará muita dificuldade a Rodrigo Rollemberg.

Quem ouviu, na véspera da eleição, o discurso de Celina Leão na solenidade de entrega do título Cidadão Honorário de Brasília post mortem ao ex-presidente João Goulart, constatou que a leoa está com as garras de fora e vai mover mundos e fundos para tornar os últimos dois anos do mandato de Rollemberg, um inferno.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Ética na Política, Bancos, Brasília - DF, Brasil, Capital Internacional, Desigualdade Social, Direitos sociais, Distrito Federal, Economia & Finanças, Educação & Ensino, Movimentos sociais, Previdência Social, Saúde Pública, Senado Federal, Sistema Finaceiro. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Pec do Teto: A banca leva tudo e com apoio dos senadores do DF

  1. A banca está levando tudo, sim. Senadores, deputados, ministros, presidentes, grande imprensa etc. Grandes partidos, também. Melhor, a banca há muito que vem catando essas essas porcarias todas aí.

    E nesse catar, se destrói a previdência, a saúde, a educação, o transporte, a segurança etc. Se desconstrói o país.

    Quanto a Arraes e Brizola, devem sim a estas horas estarem inquietos, possivelmente chorando, pela traição que sofreram postumamente.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Pec do Teto: A banca leva tudo e com apoio dos senadores do DF | Brasília, por Chico Sant’Anna | BRASIL S.A

  3. Não dá para tentar salvar a cereja, quando todo o bolo já está podre.

    Curtir

  4. Pingback: O Distrito Federal diante dos efeitos da PEC 55 | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s