Poema de Ana Rossi. Foto de Chico Sant’Anna

 

seca mais seca
do que a seca
secura
seca densa
e sem água

seca da seca
seca pra seca
secar
seca que fura
a língua
os dentes
a alma
seca mais seca
do que a seca
da seca
secura

miragem da água
na seca
sem água
sem dente
bem rente
cerrado amado
cerrado fixado
cerrado
seco mais seco
do que seco
do seco

Anúncios