Artistas do DF se mobilizam contra projeto que retira verbas da Cultura

O Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC), criado em 1991,é o principal instrumento de fomento às atividades artísticas e culturais da Secretaria de Cultura do DF que oferece apoio financeiro a fundo perdido.

Artistas de Brasília estão em pé de guerra contra o governo Agnelo/Filippelli. Eles convocam os cidadãos brasilienses a se mobilizarem contra o Projeto de Lei Complementar nº 108/2014. O projeto enviado por Agnelo à CLDF, na quinta-feira, 20/11, permite um verdadeiro assalto aos recursos do Fundo de Apoio à Cultura – FAC.

Segundo o maestro e pianista Rênio Quintas, coordenador do Fórum de Cultura do DF, existiriam no caixa do FAC uma verba de, aproximadamente, 65 milhões. Com as contas públicas no vermelho – as estimativas são de um rombo superiora R$ 2 bilhões, o governador desejaria usar os recursos carimbados pra projetos culturais para pagar outras despesas governamentais.

Curta também:

Com apenas três artigos, Agnelo pede autorização para usar recursos da Cultura em outros projetos governamentais.

O Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC), criado em 1991,é o principal instrumento de fomento às atividades artísticas e culturais da Secretaria de Cultura do DF que oferece apoio financeiro a fundo perdido. Seus projetos são selecionados por Editais públicos. Por meio do FAC, são produzidos filmes, peças de teatro, CDs, DVDs, livros, exposições, oficinas e inúmeras circulações artísticas em todo o DF. A principal fonte de recursos do Fundo consiste em 0,3% da receita corrente líquida do Governo Distrito Federal sendo que em 2013 foram disponibilizados o recurso recorde de R$ 50 milhões.

Com recursos do FAC, são produzidos filmes, peças de teatro, CDs, DVDs, livros, exposições, oficinas e inúmeras circulações artísticas em todo o DF.

Os artistas da Capital Federal consideram a iniciativa de Agnelo inaceitável. Pela lei que o regulamenta, ele propicia a comunidade a liberdade para criar seus projetos.

Os artistas são provocados por editais que fixam as regras da seleção e quem escolhe que projeto cultural será beneficiado é o Conselho de Cultura, que conta com participação da comunidade. Desta forma, se evita a insterferência política na escolha dos projetos culturais.

Em média, a cada ano, mais de mil projetos são inscritos no FAC para captação de recursos e submissão ao processo seletivo extremamente concorrido. Todos os anos, mais de 300 projetos são aprovados, entretanto, dezenas deles ficam sem apoio porque o volume financeiro do FAC é insuficiente para a demanda. Apesar da insuficiência, o governo diz que está sobrando verbas e tenta usá-las para cobrir suas próprias despesas, como já fez em 2013.

Naquele ano, apesar da insuficiência financeira, no ano passado, foi aprovada a Lei Complementar 872/2013 para retirar dinheiro do FAC para pagar dívidas do governo. Naquela ocasião, o movimento cultural protestou, recorreu ao MPDFT, que entrou com uma ação contestado a constitucionalidade da legislação, e também patrocinou uma Ação Popular contra a LC 872/2013, porque ela afrontaria a Lei Federal 4.320. Essa ação e também a ADIN continuam tramitando no judiciário. Sem uma decisão judicial, o GDF se vale novamente da mesma fórmula para pagar parte do rombo nas contas públicas.

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura em Brasília, Brasília - DF, Câmara Distrital, Cultura, GDF, Gestão de recursos públicos, Secretaria de Cultura. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Artistas do DF se mobilizam contra projeto que retira verbas da Cultura

  1. Pingback: Artistas do DF se mobilizam contra projeto que retira verbas da Cultura | Gama Cidadão | O Seu Portal de Notícias e Cidadania

  2. Pingback: Artistas do DF se mobilizam contra projeto que retira verbas da Cultura | Gama Cidadão | Seu portal de comunicação comunitária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s