Exclusivo: Grileiros ameaçam sítio arqueológico de Brasília

Grileiros no Ville deMontagne sergio leo2.htmO local fica em área nobre, atrás do Lago Sul, próxima à Ponte JK. O cartaz, na estrada ao lado do cerrado que separa os condomínios Ville de Montaigne e o conjunto formado por Quintas da Alvorada e Mansões Itaipu  alerta: a região é um “sítio arqueológico”, patrimônio da União, sob administração do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, vinculado ao ministério da Cultura. E avisa: qualquer dano à natureza lá pode ser punido com multa e detenção.

Grileiros no Ville deMontagne sergio leo

GDF e União fazem vistas grossas à ação dos grileiro sna Capital Federal

Mas a certeza da impunidade é tamanha que, no sábado, 20 de setembro, um grupo, autonomeando-se dono da área, montou ali uma enorme tenda, um barraco e reuniu algumas dezenas de pessoas de um suposto condomínio Ville II, onde se discutiu a posse do lugar. Um morador da vizinhança, fingindo-se interessado, ouviu que a ideia é dividir o terreno em 400 lotes, vendidos a R$ 20 mil por unidade.

Leia também:

Grileiros no Ville deMontagne sergio leo3

Oferta de grileiros atraem muitos interessados que depois vão pressionar o poder público para legalizar área loteada irregularmente.

O terreno escapa há décadas da especulação imobiliária que ameaça a região – mais recentemente, instalou-se, por grilagem, um condomínio do outro lado da estrada, o Estância Quintas da Alvorada (que, para enganar incautos, usou o nome de um antigo condomínio em terra privada existente ali).

Já se tentou até construir uma Igreja, e uma loja de plantas lá, como início disfarçado de invasão de classe média, sempre rechaçada pelos habitantes da vizinhança. É terreno de cerrado, recentemente afetado por grande incêncio que facilitou a ocupação deste fim de semana. Incêndio acidental? Ou criminoso?

Grileiros no Ville deMontagne anuncioPela Internet, veem-se endereço e mapa dos responsáveis. Há quem anuncie no jornal, com foto do terreno ainda preservado,clique aqui e confira.

Grileiros no Ville deMontagne anuncio2

Na Internet é fácil achar as ofertas dos grileiros.

Agora, no período pré-eleitoral, os invasores se sentem à vontade para colocar sua placa ao lado da placa federal que os proíbe ali e iniciar a ocupação na marra, deixando uma enorme tenda e barraco para marcar a posse. Parecem dispostos a sustentar mais uma ocupação irregular em uma região já ameaçada de estresse hídrico. Por que o GDF não investiga os responsáveis por mais essa irregularidade?

Quem os acoberta? Quem lhes dá segurança para agir dessa forma? Quem são essas pessoas que lideram a invasão, liderada por um “síndico” de porte militar e gestos violentos? Quem ganha com essa invasão?

Anúncios

Sobre Chico Sant'Anna

Sou jornalista profissional, documentarista, moro em Brasília desde 1958. Trabalhei nos principais meios de comunicação da Capital Federal e lecionei Jornalismo também nas principais universidades da cidade.
Esse post foi publicado em Áreas verdes, Brasília - DF, Cerrado, Desenvolvimento Urbano, GDF, Lago Sul, Meio ambiente, Memória & História Nacional, Ministério da Cultura, Moradia & Habitação, Regularização e Desenv. Urbano, Terra & Grilagem, Urbanismo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Exclusivo: Grileiros ameaçam sítio arqueológico de Brasília

  1. Uma CPI para investigar é o único caminho. Comprovado o crime as punições devem ser exemplares, caso contrário será um estimulo a continuar com o Grilagem. Os Parcelamentos irregulares que surgiram após a Primeira CPI da Grilagem devem ser objetos de pesadíssimas Multas. Se a CLDF não fizer a CPI, saberemos de onde vem o comando para tanta grilagem no Lago Sul. Por que a Polícia não vai ao local?? Cadê a Polícia, pois ela podem constatar todas as invasões nos computadores de seus escritórios?

    Curtir

  2. Enquanto isto, duas viaturas da SEOPS ficam o dia inteiro na Rodoviária, PP com seis elementos coçando saco sem nada para fazerem , pois os camelôes já correram há mueito tempo!

    Curtir

  3. Flávia Maia disse:

    Hoje, mais uma vez foram vistos carros,não identificados, segundo a pessoa que me repassou a infrmação adentrando o terreno do citado Sítio Arqueológico. Seria bom averiguar!

    Curtir

  4. Pingback: Cinco áreas de risco no DF preocupam Defesa Civil | Brasília, por Chico Sant'Anna

  5. Pingback: Grilagem em mata nativa desafia Justiça e GDF | Brasília, por Chico Sant'Anna

  6. Pingback: Chapada dos Veadeiros, um paraíso, ao lado de casa, pode desaparecer | Brasília, por Chico Sant'Anna

  7. Flavia Maia disse:

    O Sítio Arqueológico, localizado ao lado do Condomínio Ville de Montagne, localizado no Lago Sul, parece ter voltado a ser alvo da especulação imobiliária.
    Mesmo depois da denúncia de grilagem mostrada pelo DFTV, parece que os grileiros não se intimidam.
    Será muito bom se puderem verificar, pois agora instalaram rede elétrica, um containner de alumínio que deve servir como escritório/guarda de materiais,ferramentas.

    Curtir

  8. sandro disse:

    Sitio arqueológico de poucos m2! Engraçado não atinge ville I, solar de Brasilia, são todos isentos de responsabilidade com os danos ao patrimônio cultural, regularizados e estão fora dessa área, não é mesmo!. Isso é informação!Então não a esconda e nem manipule.Divulgue também que essa área esta sendo disputada por políticos e suas empresas e estão conseguindo. Eles podem construir e as famílias( como as dos condomínios próximos) não! Direitos e deveres são para todos ou só pra pobre e sem influencia política!

    Curtir

  9. Pingback: Privê Morada Sul: Justiça determina retomada de demolição de construções ilegais | Brasília, por Chico Sant'Anna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s